terça-feira, 18 de agosto de 2015

Saudade de Lúcio Damasceno


Lúcio Damasceno, Raimundinho Cabirote, José do Vale e 
Carlinhos Albuquerque Lima

Hoje, 20 de agosto, é um dia que marca negativamente a população da nossa Paracuru. Foi neste mesmo dia no ano de 2013, que Paracuru acordou com a notícia, ainda desencontrada, do falecimento repentino e inesperado de seu filho ilustre, Lúcio Damasceno Barroso, nosso poeta e historiador.


A dor da perda ainda é bem viva em todos aqueles que conviveram e desfrutaram da inteligência, doçura, lealdade, capacidade de servir a todos aqueles que o procurassem, sempre de forma cortês, qualidades que Lúcio Damasceno possuía de sobra. Tenho orgulho de fazer parte daqueles que puderam conviver com Lúcio, ouvir e dar opinião sobre suas poesias, e aprender com ele o valor da amizade e da simplicidade.


Tenho vontade de ver (ainda não vi) o merecido reconhecimento ao trabalho que Lúcio Damasceno desempenhou em Paracuru, a valorização de sua obra literária. Quando veremos estas coisas? Que futuro tem um povo que não valoriza sua memória tampouco seus filhos ilustres?


Já se vão dois anos, e se soma a dor da perda o sentimento de indignação pelo descaso com a memória cultural de Paracuru. 


Lúcio se foi, mas deixou para todos nós, entre outras obras, o livro ‘Paracuru de Todos Nós’, que é o livro que conta nossa história. É o seu legado, que precisa de muito mais atenção de quem de direito.


Neste espaço, publicamos uma biografia de Lúcio Damasceno que me foi dada pelo próprio Lúcio em uma das muitas conversas que tivemos. Também Publicamos alguns arquivos de áudio com registros de momentos diversos do nosso historiador. Saudades, grande amigo!



DADOS BIOGRÁFICOS
FRANCISCO LÚCIO DAMASCENO BARROSO

FRANCISCO LÚCIO DAMASCENO BARROSO nasceu no dia 13 de novembro de 1952 no distrito de Paraipaba no município de Paracuru. Em 1959 mudou com a família para a sede do município, onde iniciou seus estudos já com 8 anos de idade. Depois se mudou para Fortaleza onde concluiu o 2º grau. Formado em Historia e Geografia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA e Pós-Graduado em Psicopedagogia pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Em agosto de 1978 casou-se com Maria Helena Pinheiro Barroso. Desse casamento nasceram os filhos Delano e Rodrigo. Pesquisador da História de Paracuru e há 17 anos escreve o livro “Paracuru de todos nós” que pretende lançar no final do corrente ano. É autor da Apostila de História do Paracuru, adotada oficialmente pala escola pública municipal e de vários artigos, alguns publicados em jornais e revistas do Ceará. Nas horas de descontração também escreve Poesias que pretende publicar em um futuro próximo.

 Arquivos de áudio: (Mais informações AQUI)


 
Lançamento do livro de dona Ieda Damasceno (AQUI)

 
Lúcio fala sobre o centenário de Luis Gonzaga (AQUI)